Este blog acaba de nascer de uma conversa íntima entre dois amigos, com gostos e ideias bastante similares em relação à vida e ao sexo.

18
Abr 09

 

 

Preciso de me reencontrar e para isso terei que me afastar de algumas coisas em que me deixei envolver demais. Blog incluído.

Não posso dizer que tenho pena. Antes e mais do que qualquer outra coisa, recuso-me a desiludir os meus amigos. São eles que gostam de mim, são eles que se preocupam comigo, são eles que me abanam quando preciso de ser abanada.

O meu pirata abanou-me, e quando me sacudiu saíram lágrimas. Lágrimas que estavam presas por trás da máscara que decidi usar. Sinto que tenho usado algumas coisas como refúgio de outras muito mais profundas. Fiquei alheada dessas outras coisas profundas, mas elas continuaram lá. Não sou feliz assim. Sou feliz a amar.

Pirata, mais uma vez obrigada por estares ao meu lado, mas sobretudo por estares do meu lado. Não sei que loucuras cometeria se não tivesses puxado cá para fora essas lágrimas. Foi água sagrada que me acordou. Nunca digas que me fazes chorar. Não és tu que me fazes chorar, são os meus erros que fazem.

Vale a pena ter amigos assim. Vale a pena amar. Vale a pena desiludirmo-nos com o amor, sacudirmos a poeira e regressarmos às vida de cabeça erguida. Recuso-me a continuar a embriagar-me nesta euforia para me esquecer. Quero voltar a ser eu, mesmo que isso doa. Não vai doer mais do que a droga que decidi consumir.

 

 

 

publicado por L. às 23:37
tags:

L.
Querida!
Nao precisas dizer adeus...apenas e tao só mudar o rumo....ou simplesmente desligar o botão...
Sabemos que as coisas boas da vida viciam...e viciam porque dão prazer...
E não me parece que nos dar-mos um pouco a alguém ou a alguns seja motivo para sentir coisas más...a máscara e o refúgio servem para isso mesmo...não estarão os donos destes milhares de blogs também eles refugiados numa máscara? Eu acho que sim...afinal não nos revelamos (eu incluo-me nesse pacote!).
Mas...só tu é que sabes o que sentes, o qe tens vivido...só tu podes decidir traçar o fim ou não deste blog, ou do teu adeus...Apenas lembra-te que eu tambem ja o ponderei uma vez...e o que me disseste tu?
Beijos querida L.

P.S. Piratinha! Um beijo para ti...desaparecido!
Millady a 19 de Abril de 2009 às 16:55

Beijos Dona Milady e não ando desaparecido...:)
Piratinha a 20 de Abril de 2009 às 10:13

Assino por baixo o comment da Millady, mas tu própria é que tens que decidir que rumo queres dar à tua vida e o blog e os seus bloguistas, acabam por fazer um bocado parte da tua vida, mesmo que essa vida esteja por detrás de uma máscara. Tenho pena se for mesmo um "adeus" eterno, mas estou esperançado que seja apenas uma má fase que estejas a passar. Podes sempre viver as tuas "fantasias" (refiro-me ao blog) e teres a tua vida normal. Agora se não fores capaz de conciliar uma coisa com outra, cabe a ti decidir o rumo a seguir.

Beijos de conforto*
Alentejanito a 20 de Abril de 2009 às 11:23

Miúda sabes que costumo ser frontal na maneira como digo as coisas e as vezes posso magoar as pessoas. Mas não gosto de ver neste tua fase eufórica, e senti-me quase na obrigação de te dizer isso mesmo. Ao mesmo tempo és uma parte de mim e não te quero ver partir para um lado que não é o teu.
Compreendo o que sentes quando buscas algo mais que um simples toque, como sabes senti isso há muito pouco tempo também. Mas preciso que acordes de novo, que sejas tu mesma. Não acredito que uma pessoa que tenha sido magoada no passado tenha de tentar se refugir numa pele que não é sua..."Foda-se" que mal tem se amar e não ser correspondido?
Beijos acolhedores da tua "almofada".

Pirata a 20 de Abril de 2009 às 10:12

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15

19
20
21
23
24
25

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

"Deves querer comer-me não"
pesquisar
 
blogs SAPO