Este blog acaba de nascer de uma conversa íntima entre dois amigos, com gostos e ideias bastante similares em relação à vida e ao sexo.

07
Mar 09

Que não há nada melhor para fazer o sol voltar a brilhar do que um fantástico orgasmo.

Ora, estando sozinha no meu local de trabalho e sabendo que melhor que o pénis do meu gajo só a minha mão me conhece, os meus dedinhos pefumados fizeram magia em escassos minutos.

E eis que o sol brilha de novo em todo o seu esplendor.

publicado por L. às 15:05

14
Nov 08

Estes dias têm sido complicados mas parece que não são só as lágrimas que nos libertam.

O que é que existe de melhor para relaxar o corpo e a mente? um cigarro? não...; uma música calma? não... um orgasmo... ou dois, s.f.f.

O meu Jelly Long Dong está sempre disponível para as minhas mágoas e aguenta-se o tempo que eu quiser. Ainda não almocei mas estou de barriga cheia. Depois de um orgasmo fenomenal sabe bem continuar a usar as nervuras para uma massagenzinha... e vai daí uma gaja distrai-se e até já sabia bem a tal massagem um pouco mais forte, até que já mais concentrada do que distraída, lá vem mais um.

Agora apetece almoçar, dormir, aproveitar o fim de semana. Segunda feira é dia de levantar a cabeça e ir à luta, sem lágrimas.

 


07
Ago 08

 

 

Hoje decidi aproveitar muito bem a minha hora de almoço.

Mimei-me como merecia. Apeteceu-me sentar-me nas escadas que dão acesso ao piso inferior do meu local de trabalho. Tirei ou soutien e baixei as calças e a tanga. Usei pela segunda vez uma técnica de masturbação que descobri há pouco tempo na internet, e que posso afirmar com conhecimento de causa, é fabulástica! Acariciei um pouco os mamilos e pus a técnica em prática... os apoios do corrimão das escadas excitam-me, o cheiro da cera e da madeira, a forma... agarro-me a eles com uma mão e uso a outra para me satisfazer. Venho-me a primeira vez mas não estou ainda satisfeita. Continuei e vim-me mais uma e outra vez. Sim , três vezes! Para mim foi inédito.

Fiquei sem forças e achei que era uma boa altura para fazer uma coisa que adoro e não fazia há algum tempo: meditação. Escolhi um canto escuro da sala de baixo e procurei no chão uma posição confortável. Concentrei-me na minha respiração, tentei visualizar a chama de uma vela. Sei que entro no estado de meditação quando me sinto tão relaxada que deixo de ter consciência do meu corpo, continuo consciente dos sons mas deixaram de me incomodar. Há pensamentos que teimam em invadir-me a cabeça mas teimosamente volto a concentrar-me na minha respiração. Não me apetece abrir os olhos, mas tem que ser. Abro-os lentamente enquanto volto a ter noção da realidade.

Sinto-me completamente relaxada e pronta para enfrentar mais uma tarde.

Para os que são cépticos, experimentem. Depois do sexo ou quando vos der na real gana. Até li que a meditação aumenta o prazer sexual.

Tenham um bom dia! Eu vou ter...

 


Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

"Deves querer comer-me não"
pesquisar
 
blogs SAPO