Este blog acaba de nascer de uma conversa íntima entre dois amigos, com gostos e ideias bastante similares em relação à vida e ao sexo.

16
Mar 09

 

Reparei que buscavas o prazer imediato, toquei-te o coração para sempre.

Mas sempre é um tempo quase infinito, deste-me a mão e saiste a correr, buscavamos

novos desafios. Faz de conta que o tempo passou, Faz de conta que o passado parou.

Pensas que ainda me amas, mas liberta-me enquanto não te faço sofrer.

O sofrimento poderá ser fatal como o nosso destino o foi...

 

 

 

 

 

publicado por Carlos Martins às 11:45
sinto-me: Romantico e desejado.

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10

19

22
23
24
25
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
"Deves querer comer-me não"
pesquisar
 
blogs SAPO